Viaja. Descobre. Inspira-te.





Escreve a receita da felicidade num caderno de capa velha e acompanha o teu registo com uma fotografia que te faça aspirar a liberdade que precisas para seres autêntica e genuinamente feliz.
Dos lugares que nos inspiram a uma descoberta do interior, procura chegar ao teu mais desejado. Observa e regista na memória o quão bom é contemplar a beleza da conquista que fazes ao poder estar naquele lugar. Ali mesmo, no sítio que pretendias.
Tira os óculos de sol que, te fazem ver a paisagem com cores diferentes, não permitem que a observes no seu esplendor mais simples e mais natural. Não te prendas pela máquina que levas pendurada ao pescoço, capta tudo com o coração e com o teu olhar atento. Guarda apenas o que necessita ser guardado, o essencial, mas não te esqueças de, ao mesmo tempo, guardar tudo o que te cativou. Procura enxergar a simplicidade das coisas, o poder observar, o poder sentir o vento na cara, sorrir e perceber que valeu a pena.
Não te deixes corromper pelo hediondo do mundo. Inspira-te, antes, na beleza que transborda, nos lugares mágicos, e nas coisas do coração.


Afinal, não há maior inspiração do que a que vêm do coração!

Comentários

WOOK - www.wook.pt

Mensagens populares